Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 29 de novembro de 2016

COMPROVADO: EXERCÍCIO É MELHOR QUE REMÉDIO


Com relação a algumas doenças, os exercícios podem até reverter um quadro antes considerado irreverssível



      O receituário médico do futuro será diferente. Provavelmente os garranchos dos doutores permanecerão, mas, em vez de sair do consultório com a prescrição de anti-inflamatórios, analgésicos e vasodilatadores, você levará um aconselhamento da atividade física ideal para manter – ou recuperar – sua saúde.

          Seguem alguns exemplos já comprovados.

ALZHEIMER
         Recomenda-se corridas de longa distância. Estudos em animais e pessoas têm mostrado que a atividade física é capaz de reduzir as perdas de massa branca e cinzenta do cérebro relacionadas à idade e aumentar a neurogênese adulta, que é a criação de novas células em um cérebro já maduro. Quanto maior a distância, maior o número de novos neurônios.

DISFUNÇÃO ERÉTIL
             Recomenda-se caminhada e ioga. Apenas 30 minutos de caminhada por dia são capazes de reduzir em 41% o risco de disfunção erétil. É o que aponta um estudo da Universidade Harvard. Outra pesquisa, essa conduzida por britânicos, atestou que um assoalho pélvico forte aumenta a rigidez durante a ereção e ajuda a manter o sangue no pênis, pressionando uma veia-chave da região. Exercícios para o asoalho pélvico são comuns na prática da ioga.

ARTROSE NO JOELHO
              Recomenda-se caminhada e musculação. O tratamento conservador para a artrose é baseado em quatro pilares: alongamento, fortalecimento, controle motor (equilíbrio) e perda de peso. A hidroginástica é muito utilizada pelo baixo impacto, porém diversos estudos mostram que caminhadas diárias também trazem benefícios, pois melhoram a lubrificação e a nutrição das cartilagens.

DORES NA COLUNA E HÉRNIA DE DISCO
         Recomenda-se natação e pilates ou treinamento funcional. Muitos pacientes portadores de degenerações na coluna ou hérnias de disco são completamente assintomáticos, ou seja, o indivíduo possui alguma doença e não sabe. Para evitar e tratar o mal, invista em perda de peso através de atividades aeróbicas e fortalecimento muscular, principalmente  com ênfase no abdome e na região lombar.

CÂNCER
          Recomenda-se musculação, pilates e caminhada intervalada. Quem está em tratamento contra um câncer sofre perda de peso intensa, além de fadiga e falta de força. Com liberação médica, o exercício de força pode prevenir a perda muscular acentuada e melhorar a sensação de fadiga. A musculação bem dosada, ioga, pilates e caminhada intervalada com trote mantêm a disposição.

LABIRINTITE E OUTRAS DESORDENS DE EQUILÍBRIO
             Recomenda-se tai chi chuan e ioga. Apesar da vontade incontrolável de permacer imóvel, a melhor forma de encarar esses distúrbios é colocar a estabilidade à prova. Dois estudos avaliaram o equilíbiro, um em idosos submetidos a algumas semanas de tai chi chuan e outro em atletas após dez semanas de prática de ioga. O resultado provou que as modalidades aumentam potencialmente o equilíbrio.

PARKINSON, DIABETES, DOENÇAS PULMONARES E CARDÍACAS
             Recomenda-se treinamento intervalado de alta intensidade - HIIT. Estudos sugerem que o HIIT não só é seguro para a maioria dos doentes, mas mais eficaz em prevenir ou reverter os déficits associados a muitas doenças crônicas do que as atividades aeróbicas de baixo impacto. Os pesquisadores descobriram que levar o corpo próximo ao limite por períodos muito breves, intercalados com períodos de descanso, traz mais benefícios para a melhoria cardiovascular, respiratória, metabólica e das funções mecânicas. 
     

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

EMPRESAS QUE PENSAM GRANDE INVESTEM NO BEM ESTAR DOS COLABORADORES


Conheça empresas com benefícios de causar inveja

Dinheiro para educação dos filhos, semanas mais curtas e animais no trabalho fazem parte dos 'mimos' oferecidos por empresas que atuam no Brasil


Funcionária da Mars aproveitando o "pet friendly"


      Bolsa-viagem, geladeira repleta de comida gratuita, frutas à disposição. Salas com videogame, mini spas com massagistas à disposição e espaços até para levar o cachorro ou o gato ao escritório. Encerrar o expediente ao meio-dia de sexta-feira para iniciar o final de semana mais cedo.
      É com ações como essas que parte das companhias transforma a política de benefícios concedidos. Se antes a regra era o assistencialismo, agora, elas têm como foco o bem-estar dos funcionários.
      As vantagens vão além das exigidas por lei, e o objetivo é envolver as equipes, aumentar a produtividade, reter talentos e diminuir as faltas ao trabalho. “A discussão dentro das empresas é como manter benefícios sustentáveis, como medir o retorno sobre investimentos feitos nesses benefícios e o que de fato o funcionário quer em um cenário de corte de custos e vagas”, diz Marcelo Ferrari, diretor de desenvolvimento (capital humano, compensação e benefícios) da consultoria Mercer.

        Veja algumas destas empresas e a reportagem compelta no link abaixo.
                                        Veja.com


quarta-feira, 16 de novembro de 2016

O SIGNIFICADO DOS SONHOS


SONHAR COM MAR: Representa a mãe.

SONHAR COM ANIMAIS: Representa seus instintos e necessidades.

SONHAR COM GRAVIDEZ: Pode representar a própria chegada do bebê, mas também aquisição de novos bens ou novos planos para o futuro.

SONHAR COM MORTE: Representa renascimento e mudança.

SONHAR COM VÔO: Representa ultrapassar limites. Se você estiver caindo, pode ser exagero.

TER PESADELOS: Pode ser ingerir comida pesada antes de dormir. Ou mudanças não assimiladas, insatisfações.

VOCÊ DORME, SEU ORGANISMO NÃO


O que seu organismo faz enquanto você dorme?





LIBERAÇÃO DE HORMÔNIOS: Na infância cerca de 90% dos hormônios são produzidos durante o sono. Crianças que dormem mal tem mais chances de desenvolverem problemas de crescimento.

ELIMINA O ESTRESSE: Quando dorme bem, o organismo diminui a produção de cortisona, hormônio liberado nas situações de estresse e que causa mau humor.

REPOSIÇÃO HORMONAL: O hormônio do crescimento é responsável por evitar a flacidez muscular e garante o vigor físico.

IMUNIDADE: Durante o sono o corpo produz as interleucinas, que formam uma barreira contra vírus e bactérias.

 APETITE NA DOSE CERTA: No sono liberamos leptina, hormônio que controla a saciedade.

ENVELHECIMENTO PRECOCE E TUMORES: O organismo se livra dos radicais livre durante o sono.

 MEMÓRIA: O sono interfere na temperatura cerebral, melhorando a memória e a psiquê.

FIXAÇÃO DE INFORMAÇÕES: Durante a fase REM é que guardamos as informações importantes do dia.


QUANTIDADE DE SONO DIÁRIA 

                   BEBÊS: 18horas por dia.

                   ADOLESCENTES: 9horas e meia por dia

                   ADULTOS: 8 horas por dia

                   IDOSOS: 6 horas por dia

A IMPORTÂNCIA DE UM SONO TRANQUILO





                     Passamos um terço da nossa vida dormindo. Especialistas já definiram que nosso relógio biológico tem seu ciclo ajustado em 24 horas. Mas isto é moldado geneticamente e depende, também, de fatores esternos, como a luz do sol.
                     A principal peça desta engrenagem é a melatonina, hormônio secretado no cérebro e que começa a ser produzido assim que o sol se põe, como um aviso para ir dormir.
                    Nosso desempenho físico e mental está diretamente ligado a uma boa noite de sono. O efeito de uma madrugada em claro pode ser comparado ao de uma embriaguez leve: coordenação motora afetada e capacidade de raciocínio diminuída.
                    Em ratos de laboratório, a falta de um sono tranquilo acarretou em mortes por infecção generalizada.
                    As proteínas ingeridas são sintetizadas durante o sono profundo. Também são produzidos os hormônios como a melatonina e o hormônio do crescimento.


FASES DO SONO

            1ª FASE: ADORMECIMENTO
                  Primeiros 15 minutos do sono. É uma fase de transição. Se acordado neste período, o indivíduo reage com um susto.

            2ª FASE: SONO LEVE
                     Temperatura corporal, ritmo cardíaco e respiratório diminuem. As ondas cerebrais ficam mais lentas e dura metade do tempo do sono.

            3ª FASE: COMEÇO DO SONO PROFUNDO
                     É uma fase muito rápida.

            4ª FASE: SONO PROFUNDO
                     É onde o corpo se recupera. A pessoa fica totalmente em transe e inconsciente.

            5ª FASE: O REM ( movimento rápido dos olhos)
             Atividade cerebral à todo vapor, o que desencadeia os sonhos. Os músculos ficam paralisados, mas a frequência cardíaca sobe e a pressão também. É a fase onde o cérebro faz uma faxina, fixando informações importantes e descartando informações inúteis. Acredita-se que dure 10 minutos.

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

AULÃO DE GINÁSTICA NA SIPAT



             QUE MARAVILHA DE TURMA!!!

              AULÃO DE GINÁSTICA LABORAL NA SEMANA INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES.

SEGUEM IMAGENS








terça-feira, 16 de agosto de 2016

EVENTO NA SEMANA DA SIPAT


Hoje foi um dia diferente para a DPRÀXIS Educação Física.

Estivemos presentes da Semana Interna de Prevenção de Acidentes --- SIPAT em um de nossos clientes com a quickmassage.

Foi um sucesso!

Seguem algumas imagens...





quinta-feira, 4 de agosto de 2016

IMC: ÍNDICE DE MASSA CORPORAL, É REAL?




          Peso dividido pela altura ao quadrado =  IMC. Mas será que posso confiar neste número? Na teoria sim, mas não para todos os casos, pois este método possui limitações quanto a avaliação da forma física, pois não leva em conta alguns pontos cruciais na hora do cálculo, como a massa óssea, o tipo de gordura, a musculatura e o gênero.

          Vejamos dois exemplos

          Exemplo1: Indivíduo de 30 anos, 1,80m e 70kg IMC= 24 está dentro do peso ideal. Porém exames clínicos comprovaram que seu colesterol estava elevadíssimo, apresentava alterações cardíacas e gordura viceral, ou seja uma bomba relógio.

         Exemplo 2: Indivíduo de mesma idade, 1,88m e 106,05kg IMC= 30 considerado obeso. Quem é o indivíduo 2: ARNOLD SCHWARZENEGGER, tendo seu IMC calculado com os dados de competição.

          E agora? Como podemos calcular a matemática do peso ideal sem usar de programas e aparelhos sofisticados para isso?

         Seguem algumas idéias:




Revista Saúde é Vital - Julho 2016

CHÁ É A SOLUÇÃO , PARA QUASE TUDO


          
          Àlgum tempo atrás já publiquei neste mesmo blog uma matéria sobre os benefícios dos chás, suas propriedades e suas aplicações. Mas não custa lembrar novamente!

          Desta vez vou colocar de uma forma mais simples e objetiva:

          CHÁ DE CAMOMILA: ajuda a pegar no sono. A camomila é carregada de flavonóides ( antioxidante) e apigenina, que é uma substância sedativa.

          HIBISCO: Regula a pressão. Seu maior benefício é o efeito termogênico, acelerando o metabolismo e ajudando na perda de peso. Mas esta plantinha possui uma substância chamada antocianidinas, que causa uma vasodilatação das artérias, diminuindo a pressão arterial. A recomendação são três xícaras deste chá por dia.

          MATE: reduz o colesterol. Velha conhecida dos índios guaranis, presente também no chimarrão e no tererê, ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares, acelerando o metabolismo, ajudando na redução do colesterol ruim.

          HORTELÃ: preserva a memória. Chá parceiro do sistema digestivo, estimula a produção de dopamina, que é um neurotransmissor ligado á memória e as funções cognitivas.

          VERDE: bom para diabéticos. Popular pelo efeito termogênico, contribui também para o tratamento do câncer de próstata. Também ajuda a proteger os vasos sanguíneos e a reduzir os males ao sistema cardíaco. MAS CUIDADO: seu uso em altas dose pode causar palpitações, dor de cabeça e ansiedade.

          PRETO: protege o coração. Sua planta de origem é a mesma do chá verde e do chá branco, porém passam por processos diferenciados para se obter o chá. Mas trás os mesmos benefícios como abaixar a pressão e ação antioxidante.

         BRANCO: ajuda a prevenir tumores. Minimiza a inflamação e ajuda na prevenção e tratamento de doenças crônicas, como o câncer.

         
Revista Saúde é Vital  - Julho/2016